O QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE OS HÁBITOS DE CONSUMO DOS MILLENNIALS

Estes, nascidos entre 1982 e 1996 têm uma abordagem diferente para compras do que as gerações mais velhas. Isso exige com que as marcas tenham total conhecimento das suas tomadas de decisões, prioridades e hábitos de consumo.

Publicado em 09 de abril de 2019

Pesquisa encomendada por empresa americana de compras em grupo indica a predominância mundial dos chamados Millennials – o grupo de pessoas nascidas entre 1982 e 1996 – não somente na internet, mas em número de pessoas: eles estão a alguns dígitos de tornarem a maior população adulta ativa no mercado, ultrapassando a atual, dos baby boomers.

E se os millennials, que nasceram durante a revolução digital, estão constantemente moldando a forma como o mundo pensa, era de se esperar que a cultura de compra também fosse afetada. Hoje, apesar de estarem cada vez mais preocupados com sua educação financeira e no modo como gastam, o preço continua tendo importância, mas não é o fator principal para a decisão final de compra.

Por levarem em consideração a experiência antes de qualquer coisa, usam a internet não apenas para encontrarem produtos e tendências mas para procurarem feedbacks antes do checkout. Valorizam mais a indicação de um amigo ou influenciador digital sobre um produto do que uma propaganda do mesmo, por exemplo. Além do mais, com a internet, conseguem a flexibilidade e a rapidez que julgam essenciais para qualquer fechamento de negócios.

A maioria deles agora compra majoritariamente online. Em 2017, por exemplo, 47% das compras eram feitas por algum tipo de comércio virtual, já em 2019, somente nos 3 primeiros meses, foram 60%. Enquanto as compras pelo celular representavam 16% das vendas em 2017, em 2019 representam 36%.

Confira abaixo algumas outras características mercadológicas dos Millennials e como adaptar o seu e-commerce de forma a atingi-los.


  • Millennials querem que suas compras os façam bem, independente do valor. 60% deles tendem a procurar por produtos ou serviços que carregam uma expressão de suas personalidades. Diferente dos baby boomers e da Geração X, que consomem baseado na quantidade e não na qualidade, os millennials valorizam seu dinheiro, comprando somente produtos que supram necessidades logísticas e emocionais.
  • Quase 80% dos também chamados de Geração Y pesquisam algo na internet antes de comprar, tanto na loja online quanto na física e mais de 70% das pessoas dessa faixa etária seguem alguma marca em redes sociais (um crescimento de 30% desde 2017).
  • Eles procuram por experiências mais que por coisas materiais e estão dispostos a pagar a mais por isso. De fato, algumas marcas já reconhecem esse potencial e estão começando a implementar o Marketing Experiencial em suas estratégias. Esse tipo de marketing incentiva interações – com a marca ou com outros consumidores – em eventos ou publicações online.
  • Millennials gostam de compartilhar. Estudos indicam que 13% deles são mais propensos a compartilhar sobre suas compras em suas mídias sociais (inclusive dando detalhes de como foi o processo de compra e atendimento da loja). Isso proporciona um fórum perfeito para quem procura informações sobre o produto e para quem quer que suas opiniões sejam ouvidas. As marcas precisam interagir com seus consumidores nas redes sociais e estarem prontas para possíveis problemas de feedback.
  • Eles confiam mais na opinião endossada. Mais de um terço deles preferem esperar até que alguém que conheçam e confiam experimentem algo. Embora gostem de experimentar coisas novas, evitam prestar atenção nos anúncios criados pelas empresas e valorizam mais a opinião boca a boca e reviews feitos por outros consumidores. Ao planejar uma estratégia, as marcas precisam incorporar o marketing de influência, a fim de gerar a confiança que os millennials necessitam.
  • Eles se distraem facilmente, não têm memória tão boa e perdem interesse com muita facilidade. Para que uma marca desperte engajamento é preciso uma constante atualização (das simples, como as atualizações das redes sociais; às mais complexas, como atualizações de práticas e costumes) para estar sempre em evidência.
  • 33% deles visitam blogs e fóruns sobre o produto ou serviço para, somente depois, concluírem a compra. Isso se o feedback tiver sido positivo. Enquanto outras gerações confiam mais na mídia tradicional, os millennials buscam nas redes sociais um olhar mais autêntico do mundo, especialmente se o conteúdo tiver sido escrito por alguém que eles confiam. Como já mencionado, são pouco influenciados por propagandas (online e off-line). Somente 1% dos millennials responderam em uma pesquisa que a propaganda pode contribuir para que eles acreditem mais no poder de uma marca.
  • Eles são mais propensos a se tornarem leais. 60% respondem que, se uma marca proporciona a melhor experiência com o melhor produto, continuam procurando por ela em compras futuras. Além disso, 62% dizem que, se uma marca interage com eles em alguma mídia social, também ficam mais propensos de se tornarem consumidores fiéis. Pretende atingir estes consumidores, que são exigentes porém rentáveis? Mantenha um feed sempre ativo e esteja preparado para respondê-los.
  • Eles são multiconectados e usam vários dispositivos: 87% usam entre dois e três dispositivos pelo menos uma vez ao dia. Quando uma nova forma de tecnologia surge, pode apostar: é só uma questão de tempo até que os millennials a domine. Para acompanhar, as marcas precisam ficar ligadas e permitir a interação através dessa nova tecnologia assim que lançada.
  • Eles procuram marcas que retribuam à sociedade. 75% acham importante que empresas devolvam alguma parte dos seus lucros à sociedade, ao invés de simplesmente lucrarem. Destaca-se também entre pessoas dessa faixa etária a constante preocupação ambiental. Em recente pesquisa de uma empresa americana de marketing especializado em sustentabilidade, 90% dos millennials entrevistados dão preferência para uma marca que deixa explícitas suas boas práticas ambientais e 95% destes recomendam a marca para amigos.

Estima-se que os millennials gastam em torno de $600 bilhões por ano somente nos Estados Unidos, número que pode crescer para $1.4 trilhões até 2020. Se você tem um e-commerce e quer atingir essa faixa da população que cada vez mais compra online, é necessário entender seu consumo. Atinja mais millennials com a estratégia certa, podendo contar com a parceria de uma agência especializada em e-commerce. Entre em contato com a Eficaz Consultoria!

E-Commerce
Mercado
Por: Redação Eficaz | Alisson Galassi
Publicado em 09 de abril de 2019
Marilia - SP
Av. Hygino Muzi Filho, 529
Sala 140 A
+55 (14) 2105-0087
contato@eficazconsultoria.net.br
Barueri - SP
Calçada das Margaridas,
51 - Alphaville Comercial
+55 (11) 3185-4804
contato@eficazconsultoria.net.br
close
Você precisa ver isso
antes de ir embora.
Depoimentos dos nossos clientes
O que eles dizem sobre nossos serviços:
Queremos te ajudar!
Preencha os dados abaixo e ganhe uma consultoria.
Você tem um e-commerce? keyboard_arrow_down